Paranavaí

ExpoParanavaí terá a maior programação técnica em 50 anos

Dentro da proposta da diretoria da Sociedade Rural do Noroeste do Paraná de resgatar das exposições agropecuárias sua vocação para ser uma grande feira de negócios e uma ferramenta eficiente para difundir conhecimentos e novas tecnologias para a agropecuária, a edição deste ano da Exposição Feira Agropecuária e Industrial de Paranavaí traz a maior programação técnica dos últimos 50 anos. Seminário e palestras vão abordar as principais atividades rurais da região, bem como de culturas para as quais a região apresenta vocação.

Os temas serão abordados dentro da Semana do Noroeste Agro, que acontecerá de 30 de maio a 3 de junho, no Parque Costa e Silva. Para organizar o evento, foi nomeada uma comissão, composta por diretores da Sociedade Rural, técnicos do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR) e representantes do Sistema FAEP/Senar/Sindicato Rural de Paranavaí. O ciclo de palestras tem o apoio e patrocínio da Secretaria de Estado da Agricultura, Federação da Agricultura do Estado do Paraná e, para o seminário da cultura de mandioca, também da Associação Brasileira de Produtores de Amido de Mandioca (ABAM) e Sindicato das Industrias de Mandioca do Paraná (SIMP).

O presidente da Sociedade Rural, Mário Hélio Lourenço de Almeida Filho, afirma que a realização da Semana do Noroeste Agro, com a participação de pesquisadores, técnicos e especialistas nos assuntos a serem explanados de um lado e de produtores rurais, estudantes e técnicos de outro, é a retomada de um projeto que já foi realizado com sucesso, mas que por vários motivos acabou paralisando.

“Já tivemos a Vitrine Rural, uma fazendinha, enfim ações de difusão de conhecimentos apresentado os resultados práticos. Para compensar a falta de um ambiente com as culturas e as experiências, estamos trazendo mais palestras. Para os próximos anos tenho certeza que podemos ter esta grande variedade de palestras e também ter uma nova fazendinha”, diz Mario Hélio.

PROGRAMAÇÃO – A Semana do Noroeste Agro será realizada em ambiente próprio no Parque Costa e Silva e terá início sempre às 13h30. A bertura será no dia 30, segunda-feira, abordando asuinocultura. Vão palestrar Danilo Leal Rocha (da Agroceres PIC), que traçará um panorama geral e o crescimento da suinocultura brasileira e a contribuição da Agroceres PIC; Denise Porto Ferreira (Adapar) que falará sobre a sanidade animal na suinocultura; e Valdecir Luiz Mauerwerk (Frimesa) que discorrerá sobre o tema: sistema integrado de produção na suinocultura.

No dia 31, terça-feira, os temas se complementam: alternativa de energia napropriedade rural, com o consultor da FEP, Luiz Eliezer Ferreira; aspectos gerais da irrigação, com Emerson Fachin, consultor do GConci; e Otimização da Irrigação via Monitoramento do Solo e Evapotranspiração Calibrada – Solução em Tempo Real, com Adilson Chinatto.

Na quarta-feira (1º) será realizado o Seminário da Cultura da Mandioca. Vão palestrar o professor Adalton Mazetti Fernandes (Centro de Raízes e Amidos Tropicais – CERAT), da Unesp, sobre manejo da fertilidade do solo em área de plantio direto de mandioca; o entomologista RudineyRingenberg, pesquisador da Embrapa, sobre manejo fitossanitário; o economista Fabio Isaías Felipe, pesquisador do CEPEA/USP sobre a conjuntura e expectativas para os mercados de mandioca, fécula e farinha e Bruno Gustavo da Silva, sibre a nova colhedeira de mandioca lançada no mercado.

No dia 2 (quinta-feira) será a vez da citricultura. A primeira palestra será sobre os desafios no controle do psilídeo, com o agrônomo Guilherme Maniezo Rodriguez, da Fundecitros. Na sequência o fitopalogista Franklin Behlau, falará sobre os avanços no manejo do cancro cítrico com ênfase no uso otimizado de cobre; o agrônomo Marcos Valério Ribeiro vai abordar o manejo de poda dos pomares e a última palestra será sobre a legislação fitossanitária para a citricultura, com Orlando Antônio de Souza Hansen.

E a Semana se encerra tratando de ovinocultura e pecuária. Na sexta, dia 3, a primeira palestra será sobre a reprodução de ovinos, da cobertura ao parto, o que você deve saber para ter os melhores índices, com Carla d’Ancora Dias; depois o tema será sanidade Animal: febre aftosa, brucelose e turberculose, com Rafael Pallone Favreto, da Adapar; Adubação e manejo de pastagens é a próxima palestra com Simony Lugão; finalmente será tratado o tema ensilagem por Vanderlei Bett.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative o seu bloqueador de anúncios para continuar navegando.