Profissionais em destaque

Decoração: Como utilizar quadros e pinturas

As pinturas e quadros são importantes peças de decoração para compor ambientes, tanto residenciais quanto comerciais. Esses objetos podem revelar ao seu observador muito da personalidade de seu dono. No entanto, apenas pendurá-los nas paredes e “pronto” não é o ideal para que fiquem bonitos e bem integrados. Apesar de ser algo de escolha muito pessoal, a posição e localização de quadros e pinturas devem seguir algumas regrinhas básicas:

1ª – A altura ideal para se pendurar os quadros é a que seu centro fique a 1,60 metros do chão, altura, esta, ideal para todos os tipos de observadores – dos mais baixos aos mais altos;

2ª – Quando sobre sofás, para não atrapalharem as pessoas que estarão sentadas, as molduras dos quadros devem ser posicionadas no mínimo de 20 a 25 centímetros do encosto;

3ª – No quarto, quando em cima da cama, devemos posicioná-las a 60 centímetros do chão se a cama não possuir cabeceira, e se possuir, devemos colocar a 20 centímetros da altura final da cabeceira.

Apesar disso, a utilização de quadros podem variar muito. Isso acontece porque podemos misturar diferentes tipos de molduras, formas, cores, etc. Eles podem ou não combinar entre si. Para harmonizá-los basta montar composições equilibradas e que se integrem ao ambiente decorado. As composições ajudam a não deixá-los soltos e desorganizados.

Abaixo temos alguns exemplos de combinações de composição de quadros que os deixarão mais harmônicos:

Apesar de na maioria das vezes eles serem encontrados pendurados em paredes, “distantes” do chão, isso não é uma regra obrigatória. Eles também podem serem peças de decoração móveis e compor de forma diferenciada seu ambiente. Quando não afixados às paredes, os quadros podem ser apoiados em móveis e até no chão. Esta maneira de compor a decoração pode trazer um dinamismo interessante a um ambiente e valorizá-lo ainda mais.

Com o que foi apresentado aqui, podemos perceber que a composição é tudo para deixar quadros e pinturas harmoniosos e que existem diversas formas de aplica-los aos ambientes. Observamos, também, que dependendo do formato de aplicação escolhido, algumas regras devem ser seguidas para que o ambiente ganhe mais valor, equilíbrio e modernidade. Se você não se sente seguro em compor sua decoração ou até em escolher as peças que melhor se encaixam ao seu ambiente, são tenha vergonha que procurar um profissional da área, mesmo que apenas para um consultoria, para elaborar um projeto de interiores ideal para você. A ajuda profissional sempre é um investimento e nunca uma despesa.

Fonte: Christian Gelati

Conhecendo o Colunista:

Arquiteto e Urbanista, graduado pela UniCesumar (Centro Universitário de Maringá) em 2016; Especialista em Projeto de Interiores e Iluminação pela UniCesumar em 2019; Atualmente, arquiteto responsável pelo escritório Christian Gelati – Arquitetura e Urbanismo, localizado na Av. Martin Luther King nº 2853, em Paranavaí-PR.

Contatos:

WhatsApp/ Cel.: (44) 99860-3311

Instagram: @arqchristiangelati

Facebook: Facebook.com/arqchristiangelati

Site: https://arqchristiangelati.wixsite.com/arqchristiangelati

E-mail: arqchristiangelati@gmail.com

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative o seu bloqueador de anúncios para continuar navegando.